Blog

Recomendações básicas para o Marketing Digital

Por Luana Perles

O Marketing Digital está em plena expansão e é fundamental para o sucesso do seu negócio que você desenvolva um plano de divulgação e posicionamento da marca na web. As recomendações a seguir foram pensadas para te ajudar a mergulhar nessa área e iniciar sua campanha.

1. Target máximo

Definir o público-alvo é a primeira etapa de todo planejamento. A segmentação é a base para a criação de estratégias nas redes sociais, Google Ads e e-mail marketing.

Para uma audiência bem delineada, devemos levar em consideração questões como idade, sexo, renda, região e comportamento do consumidor. É preciso definir a persona de seu negócio, que representa os valores da marca, com personalidade e voz própria, a fim de humanizar a interação com o público. Assim as chances de um tráfego relevante crescem exponencialmente.

2. Canais essenciais

O mundo digital oferece diversas opções de canais de comunicação, porém o site da sua empresa ainda é o ponto central. Faça um estudo aprofundado de seu cliente e encontre as plataformas adequadas a ele.

Identificados os canais, crie uma conexão constante e sadia com o público, desenvolvendo conteúdos a partir de temas expressivos, que atraiam e prendam a atenção.

3. Conteúdo relevante

Esta é a principal maneira de despertar a atenção do seu consumidor de forma natural e espontânea, promovendo o engajamento, além de aumentar a sua rede de potenciais clientes.

A dica mais valiosa na hora de pensar um bom conteúdo é colocar-se no lugar do público, reflita sobre as possíveis dúvidas que ele pode ter a respeito do seu mercado e principalmente do seu produto; avalie o que está em alta no setor para pegar um gancho em determinado tema.

Além disso, fique atento aos comentários deixados em seus posts, pois acredite, dali podem sair as melhores ideias. Outra dica: esteja em contato com a equipe comercial para conhecer ainda mais os clientes e poder antecipar suas necessidades.

4. Siga tendências

Invista em conteúdo criativo, produza posts bem elaborados e abuse das ferramentas disponíveis. São muitas as possibilidades: texto para post e artigo de blog, vídeo, podcast, gif, storytelling, webinar, entrevista, infográfico, e-book etc.

  • Faça Stories interessantes, mas sem exagerar na quantidade e na frequência.

  • Transforme textos em vídeos animados. Para quem não pode contar com um designer de vídeos, uma dica é o aplicativo Legend.

  • Torne seus posts mais atrativos complementando-os posts com trilhas sonoras gratuitas. O Facebook tem sua própria coleção de trilhas: o facebook.com/sound.

  • Use hashtags correlatas para que seu conteúdo seja encontrado com mais facilidade. O site Display Purposes, por exemplo, aponta as hashtags que as pessoas mais estão usando, isso pode ajudar a aumentar o alcance da sua rede.

  • Compartilhe sua localização em posts, isso também ajuda a atrair visualizações.

5. Meça resultados

De nada adianta segmentar seu público-alvo e gerar bons conteúdos se a sua campanha não for acompanhada desde o início. É preciso uma base de informações, e o ideal é deixar a campanha rodar um tempo antes de analisá-la.

Para ter números precisos, o Google Analytics oferece inúmeros recursos, desde mostrar os caminhos que levaram o público ao seu site até quais ações em redes sociais geram mais acessos.

Já o Facebook Ads – também uma ferramenta de análise – possibilita o cálculo de curtidas, comentários e compartilhamentos de um post, dados demográficos das pessoas que interagiram com a publicação e o dispositivo utilizado quando o anúncio foi visualizado.

O ideal é analisar as métricas mensalmente e, se necessário, realizar modificações para melhorar e incrementar cada vez mais o desempenho da campanha.

Luana Perles

Analista de Marketing Digital

Jornalista com especialização em Marketing Digital, está na LabCom há quase dois anos, no desenvolvimento de projetos inbound, planejamento e monitoramento digital para grandes marcas.

Encontrou algum erro ou algum problema em sua navegação por nosso site?